Notícias ACIRV

​COMIGO anuncia ganhadores de Prêmio de Gestão Ambiental

0 Comentários
223
15 Apr 2016

Os nomes dos vencedores foram revelados durante cerimônia na TECNOSHOW COMIGO.

Representantes de Montividiu foram os grandes campeões entre todas as categorias e grupos

Foram anunciados na manhã de hoje (15/4) os ganhadores do 9º Prêmio Gestão Ambiental Rural, realizado pela Cooperativa COMIGO desde 2007 e que sempre ocorre no último dia da TECNOSHOW COMIGO, em Rio Verde (GO). Basicamente, o objetivo é reconhecer e destacar os cooperados dos municípios da área de atuação da cooperativa que conseguiram, por meio da aplicação de práticas de conservação, preservação e defesa dos recursos naturais, promover a atividade agropecuária sustentável e em equilíbrio com a natureza em suas propriedades.

Na edição deste ano, os grandes ganhadores entre todas as categorias e grupos foram dois representantes da cidade de Montividiu (GO). A engenheira agrônoma Renata Alves Ribeiro, proprietária da Fazenda Vitória, além de ganhar o prêmio regional de sua categoria – Categoria B, para propriedades de 101 a 500 hectares -, ganhou também o grande prêmio na mesma categoria, entre todos os competidores. O mesmo aconteceu com o conterrâneo de Renata, o produtor João Van Ass, dono da Fazenda Dois J1. Ele recebeu tanto o prêmio regional na Categoria C (propriedades com mais de 500 hectares) como também o prêmio geral na mesma categoria.

O Prêmio Gestão Ambiental Rural é dividido em grupos, de acordo com a localidade dos municípios, abrangendo todas as cidades de radiação da COMIGO, e também em categorias, conforme o tamanho das fazendas. A ideia é oportunizar o ganho a todos e tornar mais justa a análise e concorrência à premiação. Esta é a segunda vez que Renata participa do prêmio e, também, a segunda vez que ela ganha. Montividiu integra o Grupo 1, junto de Rio Verde e Santa Helena. Há cerca de 10 anos, a engenheira realiza ações que valorizam a sustentabilidade em sua fazenda, como coleta seletiva, proteção de nascentes com vegetação nativa, reflorestamento e descarte adequado de vasilhames de veneno.

“É muito gratificante receber este prêmio, porque, na verdade, a gente faz um trabalho que não é feito visando reconhecimento ou premiações. Fazemos pelas consequências que ele gera, pelos ganhos, pela melhora coletiva e para poder passar isso para outras pessoas”, diz. Renata conta que já é perceptível a influência que as ações têm gerado nas famílias que vivem na fazenda, produtora de milho e soja. “Não se vê mais lixo jogado de qualquer jeito. Existe, hoje, uma conscientização de todos”, afirma.

João Van Ass participou pela primeira vez e pontuou a importância do reconhecimento: “É de extrema relevância para mim e meus colaboradores recebermos esta premiação. É um sinal de que estamos no caminho certo e, claro, um incentivo para continuarmos com as nossas ações”. O produtor destacou, entre as práticas sustentáveis, o plantio direto, realizado por ele há mais de 20 anos e que é conhecido por ser menos nocivo e oferecer vantagens ao meio ambiente durante o cultivo. Também produtor de soja e milho, João realiza ainda a proteção dos mananciais que passam pela propriedade – o Rio Montividiu e o Córrego Bandeira.

Os critérios avaliados pelos jurados foram: inscrição no Cadastro Ambiental Rural, outorga de água, destinação final dos efluentes, tanque de combustível, armazenamento de defensivos e descarte de embalagens, conservação de solo, transporte de produtos perigosos, licença para uso de motosserra, captação de água para pulverizadores, coleta seletiva de resíduos sólidos de origem doméstica, adoção de medidas para evitar queimadas indesejáveis, ações de educação ambiental e ações de responsabilidade social.

Preservação

A relevância da iniciativa e a necessidade de se promover a preservação ambiental foram os principais temas das falas das autoridades que discursaram na cerimônia. O presidente da COMIGO, Antonio Chavaglia, agradeceu a todos os participantes e ganhadores, pois, segundo ele, tratam-se de incentivadores e exemplos para os demais produtores de ações que devem ser seguidas e multiplicadas. “O que temos de mais importante é a terra e a água. Devemos nos preocupar sempre e estar atentos à preservação”, disse.

O secretário de Estado de Meio Ambiente, dos Recursos Hídricos, Cidades, Infraestrutura e Assuntos Metropolitanos, Vilmar Rocha, lembrou o esforço da COMIGO em promover e incentivar a junção de agronegócio e sustentabilidade. “A Comigo está completamente dentro dessa linha de compatibilização”, declarou. Ele destacou ainda a importância da TECNOSHOW: “É admirável ver no interior de Goiás, no interior do Brasil uma feira de tecnologia como esta. Um dos grandes avanços de sustentabilidade foi os produtores rurais passarem a se interessar por tecnologias que promovem ações em favor do meio ambiente”.

A preocupação com a sustentabilidade faz parte da rotina da COMIGO. As ações começam dentro do Complexo Industrial da Cooperativa, em Rio Verde, com a reutilização de materiais, reaproveitamento de água, além de viveiros com mudas de plantas nativas da região e mais de cinco hectares plantados com eucaliptos. Durante a TECNOSHOW, foi realizada a distribuição de quase 13 mil mudas de árvores, coleta seletiva, além da oferta de informação aos visitantes do Espaço Ambiental sobre soluções que reduzem o impacto ambiental na propriedade rural.

O prefeito de Rio Verde, Juraci Martins, também enfatizou em seu discurso a reponsabilidade e consciência que todos devem ter. “A preocupação com o meio ambiente é algo que deve fazer parte de nossas vidas, porque realmente sentimos as consequências da degradação. A evolução do mundo, tanto para o bem quanto para o mal, cada vez mais experimenta velocidades que o ser humano e o planeta não dão conta de acompanhar. A gente sente realmente dó, pena do que o homem já fez e faz com o meio ambiente”, declarou.

 

O prêmio foi dividido em grupos de acordo com a localidade e também em categorias, conforme o tamanho da propriedade. Além disso, para ser contemplado, o participante deveria atingir uma pontuação mínima de 60% em todos os quesitos avaliados.

Grupos

Grupo 1: Rio Verde, Santa Helena e Montividiu

Grupo 2: Jataí e Serranópolis

Grupo 3: Acreúna, Indiara, Jandaia, Paraúna e Palmeiras

Grupo 4: Iporá, Caiapônia e Montes Claros de Goiás

CATEGORIAS

Categoria A: até 100 hectares

Categoria B: 101 a 500 hectares

Categoria C: Acima de 500 hectares

 

VENCEDORES

Grupo 1

Grupo 1, Categoria A: Não houve vencedor, pois ninguém atingiu a pontuação mínima exigida.

Grupo 1, Categoria B: Renata Alves Pereira Ribeiro (Fazenda Vitória), de Montividiu.

Grupo 1, Categoria C: João Van Ass (Fazenda Dois J1), de Montividiu.

Grupo 2

Grupo 2, Categoria A, B e C: Não houve vencedor em nenhuma das categorias, pois ninguém atingiu a pontuação mínima exigida.

Grupo 3

Grupo 3, Categoria A: Não houve vencedor, pois ninguém atingiu a pontuação mínima exigida.

Grupo 3, Categoria B: José Rubens Ferreira Gomes (Fazenda Anta Magra), de Acreúna.

Grupo 3, Categoria C: Carlos Humberto Leonel de Souza (Fazenda 15 de Dezembro), de Acreúna.

Grupo 4

Grupo 4, Categoria A: Rone Fábio da Silva (Fazenda Recanto), de Montes Claros de Goiás.

Grupo 4, Categoria B: Aguinaldo Goulart de Andrade (Fazenda Varjão 1), de Caiapônia.

Grupo 4, Categoria C: Fernando Vasconcelos Martins Filho (Fazenda Guanabara), de Montes Claros de Goiás

Grande Prêmio (por categoria)

Categoria A:Não houve vencedor, pois ninguém atingiu a pontuação mínima exigida.

Categoria B: Renata Alves Pereira Ribeiro (Fazenda Vitória), de Montividiu.

Categoria C: João Van Ass (Fazenda Dois J1), de Montividiu.

TECNOSHOW COMIGO 2016

A 15ª edição da TECNOSHOW COMIGO ocorre de 11 a 15 de abril, no CTC, em Rio Verde (GO). Consolidada como uma das principais feiras de tecnologia rural do Brasil, sendo a maior do Centro-Oeste, o evento oferecerá aos visitantes de diversas regiões do Brasil o que há de mais moderno em máquinas, veículos e equipamentos agropecuários, insumos, plots agrícolas com vários experimentos, além de demonstrações de resultados de pesquisas, palestras, dinâmicas de pecuária e de máquinas, lançamentos de novas variedades para diversas culturas, ações socioambientais, entrega do Prêmio de Gestão Ambiental Rural COMIGO, entre outras atividades. Instituições financeiras também estarão presentes com linhas de crédito e financiamento voltadas para o produtor rural.

Mais sobre a TECNOSHOW COMIGO

Com a proposta de auxiliar o produtor rural, a COMIGO iniciou, em 2002, o trabalho de geração e difusão de tecnologias agropecuárias, em Rio Verde, numa área que hoje ultrapassa 130 hectares (área total do CTC), onde a cooperativa promove experiências tecnológicas o ano todo, em parceria com diversas instituições de pesquisa, de ensino e outras empresas. 

Fonte: Ascom COMIGO

0.0
Last Modified: -/-
Artigos relacionados: ​Prêmio COMIGO de jornalismo SECRETÁRIO DO ESTADO DE GESTÃO E PLANEJAMENTO VISITA A ACIRV
​COMIGO anuncia ganhadores de Prêmio de Gestão Ambiental

Nenhum comentário cadastrado...

Deixe uma mensagem

Seu endereço de email não será publicado.

Central de Atendimento

Rua Dona Maricota, 199 Setor - Jardim Marconal - Rio Verde-GO
(64) 3620- 0199/ 3620- 0197
acirv@acirv.com.br